[Resenha] Meu Quase Irmão

Oiiii tchukooos! Tudo bem?

Como foi o final de semana de vocês? Deu para descansar? Eu tenho que ser sincera: final de semana para mim é aqueles dois dias que eu me iludo que irei descansar, mas na verdade eu mau vejo a cor do final de semana!!! 😭😭😭😭 (#tristeessavida).

E para começarmos mais uma semana com um bom alto astral, cheia de bons sentimentos, vim falar um pouco sobre um livro fofo e delícia de ler.

Sinopse

meu_quase_irmao Laura é formada em Literatura Inglesa pela Cambridge, uma das melhores faculdades do mundo. Por estudar em outro país, a garota fica nove anos afastada de sua família do Brasil.
Quando chega para mais um Natal depois de nove anos. Ela não espera que o filho de sua madrasta, Bernardo, pessoa que ela nunca se deu bem, fosse se tornar um homem lindo, provocante, porém ainda irritante, pelo qual ela fosse se encantar. Sentir um louco desejo. Se apaixonar. E amar… como “folgo e pólvora”, como Shakespeare disse.

Editora: Amazon Páginas: 248 Ano: 2016 Gênero: Romance

Autor: Mônica Meirelles Onde comprar: Amazon 

E antes que vocês me perguntem se estou viciada nos livros dessa escritora, eu vou dizer que sim com todas as pouquinhas letras que a palavra tem! Hahahaha

O livro Meu Quase Irmão é um livro fofo e um spin-off da história, A vez de Anne resenhado aqui no blog . Quem leu o anterior sabe que A Anne teve um filho com seu ex-namorado, o Bernardo, e seu marido Daniel tem uma filha do seu primeiro casamento, a Laura, que é brasileira mas vive em Nova Iorque com a mãe e o padrasto. Como de costume, a garota passava os natais com a família do pai, e desde pequenos ela e o Bê se pentelhavam, coisa de irmão sabe? Que faz de tudo para irritar um ao outro mas não se desgrudam? (Meus irmão eram assim, tem cada história… Acho que a pior foi quando minha irmã deu um soco na boca do meu irmão, e o dente de leite dele caiu 😂😂😂😂😂! Sim! Minha família é engraçada hahaha). Passados noves anos após sua última visita ao pai, Laura retorna ao Brasil para passar o natal e o ano novo com a família brasileira, o que ela não esperava era encontrar seu quase irmão um homem lindo e de tirar o folego.

Bernardo já está com seus 22 anos, é um cara atraente, de corpo definido, jogador de futebol, mulherengo e sem juízo.Laura já está um mulherão, atraente, linda, segura e sensual. E vamos combinar que é a combinação perfeita de um casal clichê, ela linda, ele estilo bad-boy.  Os dois sentem uma atração de imediato, e é aí que tudo começa . O Bê mulherengo que é vai para cima da Laura desde o começo, deixando claro sua vontade de ficar com ela, apesar de achar errado por serem quase irmão, ela também se sente muito atraída por ele. E quando não há mais como resistir eles ficam juntos, não que seja fácil desde começo porque não é.

“É impressionante como aqueles braços parecem feitos sob medida para mim.”

Primeiro teremos o pai dela, o Daniel, que sente um ciúmes imenso pela filha, e claro que sempre desconfiou que eles ficariam juntos. Principalmente após alguns episódios quando eles eram adolescentes. Bernardo tem uma ex, a Mia, que mesmo sabendo que corre atrás de um cara que não gosta dela, insiste em dizer que ele é dela. É aquele tipo de garota mimada, que sempre tem o que quer, que todos dizem sim e quando uma pessoa não faz o que ela quer… Ela pira e persegue! Sério, que menina do capeta! O garota que inferniza viu. Senti muita raiva dela, principalmente por conseguir manipular a irmã mais nova deles, a Bia e o PIOR fazer uma declaração que me deixou com o coração pulsando a mil! 😲😲😲😲 Além, disso tudo, teremos a questão dos sonhos da Laura. Ela quer fazer pós-graduação nos EUA, para ficar com a mãe. SÓ que isso, acaba trazendo alguns empecilhos no futuro.

Foi muito gostoso poder reencontrar todos os personagens de A vez de Anne, mas também foi bem triste saber o desfecho do pai do Bê, o Vitor. Eu falei dele na resenha do livro, e apesar de não ter entrado em muitos detalhes (porque ele não era o foco) e também porque não imaginava que haveria um salto de 360º na vida dele! SÉRIO, eu fiquei de queixo caído! Eu fiquei com muita raiva dele (já tinha achado ele um babaquinha no final do livro, e depois ele realmente virou um babacão hahahahaha). Mas claro, que há a reviravolta dele e isso me deixou contente.

E para melhorar toda a situação, a Laura ainda é virgem! SIIIIM, VIRGEM! Não é fofo? Ela não tinha se sentido pronta para avançar com ninguém, tanto porque nunca tinha amado de verdade… até encontrar um certo carinha aí 😍😍😍 O que eu posso dizer? Que é muito fofo os dois juntos, que a história é muito gostosa, flui muito bem, a leitura é rápida, é engraçada, é fofa… é bem Mônica Meirelles. E ela acrescentou músicas em algumas cenas, que gente, eu escutava enquanto estava lendo e NOSSAAA!!!! Me derretia em cada página… até hoje lembro da história dos dois ❤❤❤❤

“Às vezes, perdemos tanto tempo julgando alguém, que esquecemos que algum momento essa pessoa pode estar certa.”

E como sempre, a autora toca em assuntos muito fortes, muito delicados de uma forma leve. Teremos assuntos como perdão, raiva, ressentimentos, dor, mágoas que me emocionaram muito. Me emocionaram muito, principalmente na questão de relacionamento dos personagens com seus pais… porque minha relação com meu pai nunca foi tranquila. Temos a questão da virgindade, que infelizmente é tão banal para as meninas de 11 anos em diante. Além disso, temos o amor e até onde esse sentimento transforma as pessoas e as transformas. Já deu para perceber o quanto eu amei né?

Minha Avaliação:

Narrativa: 

Enredo:

Personagens:

Desfecho:

Favorito:  

Deixo aqui as músicas utilizadas durante o livro (e enquanto escrevo aqui para vocês, eu estou escutando elas, e todos os sentimentos que tive durante a leitura retornaram ♡♡♡).

Espero que vocês leiam esse livro e se encantem tanto quanto eu. Se você já leu, conta aqui para mim se amou tanto quanto eu.

Beijooos até a próxima! 💋💋💋💋

Anúncios

6 comentários Adicione o seu

  1. Nossa, Isa! Eu estou em lágrimas! Amei sua resenha!!!! Amei muito, no nível supremo!!! Que coisa mais linda e fofa! Eu também não tive uma relação boa com meu pai e talvez por isso eu sempre toque nesses assuntos. Enfim, muito obrigada. Eu amei muito mesmo! ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s