Projeto Discussão| Vamos conversar sobre parcerias?

Oii tchukos, tudo bem?

Hoje eu apresento à vocês uma nova coluna aqui do blog Eu já tinha pensado muito sobre fazer uma coluna aqui só de discussões, onde pegamos tantos assuntos que estão em alta, quanto os que eu acho relevante de discussão. Lembrando que serão minorias fora do assunto de livros, tá? ☺

fotor_148491902993157

Hoje para estrear essa coluna, eu vim aqui conversar sobre a questão das parcerias. Não é de hoje que o mundo literário vive discutindo a mesma coisa: as parcerias e seus métodos de manter isso. Eu penso que existem dois pontos, quando fazemos parceria com editoras, eles nos mostram suas condições e se a gente não concorda com aquilo, bem não fechamos a parceria, e existe o ponto também da forma como a editora te trata. Não podemos esquecer que somos o meio de comunicação da editora/autor com o público, somos nós que apresentamos os livros e é nossa opinião que irá ajudar na divulgação da obra.

Só que não é sobre a forma como é mantido as parcerias que eu quero conversar. Acontece que nesses dias eu li o texto em um blog em que a moça é selecionadora de uma editora, e ela dá dicas ótimas sobre como conseguir parcerias. Eu fui ler, porque antes de mais nada estou aprendendo ainda como melhorar cada vez mais meu conteúdo para vocês. E eu fiquei pasma quando eu vi os números 😲😲😲. Quando as editoras em seus formulários questionam sua média de visualização por mês, elas querem números bons e altos. Mas para quem – como eu – começou faz 6 meses ou até menos, acredita que seus números são ótimos e se inscreve. Foi nesse texto que uma coisa me ocorreu: Até onde vale a pena todo o esforço?

Acontece que quando pensamos em parcerias, pensamos em uma única coisa: ganhar livros de graça. Mas nada na vida é de graça – além do amor, felicidades, enfim os sentimentos bons. – E isso já foi muito discutido entre youtubers e blogueiros. Porque para muitos isso é um trabalho, para outros um hobby. Eu não estou desmerecendo nenhum blog, porque quando fazemos conteúdo na internet, percebemos que não é fácil. É trabalhoso a criação de textos, expor suas opiniões, balancear e ser crítico, tirar fotos, manter uma quantidade de conteúdo, ir atrás de informações para complementar seu conteúdo. E ler os livros requer tempo, então nada é de graça. Mas eu pensei – sempre penso sobre isso – que parcerias tem que ser no tempo certo e da forma justa.

Se formos pensar que, para no mínimo seu blog ser selecionado, tenha que ter 2 mil visualizações por mês, então você teria que ter uma quantidade de 67 visualizações por dia. É um número ok? É, aos poucos você consegue isso. Mas já pensou que você pode atender todas as requisições de conseguir a parceria, ter seguidores, engajamento, visualizações, visitas e no final não conseguir? Eu digo isso porque eu percebi que quem começa agora ou está atrás de parcerias, começa a se frustar tanto quando não tem nenhuma resposta, que começa a pensar em desistir ou fica desesperado para esse ano conseguir alcanças todas as requisições.

Na minha visão, se você está falando sobre livros, filmes, séries e tudo o que te faz bem, então você não deve desistir. Ter parcerias é bom, mas com o tempo você conseguirá. Números são relativos, quantidade não é sinônimo de qualidade. Eu prefiro ter 5 comentários em um post, mas saber que são pessoas que leram e se interessaram. Prefiro ter poucos seguidores, mas aqueles que mantém sua comunicação comigo. Eu quero me sentir bem e leve com o meu trabalho, quero ler meus livros, os que eu quero e não me preocupar com prazos – isso é nítido já que estou com algumas resenhas atrasadas kkkk. O próprio Paulo do canal Livraria em Casa disse isso, para primeiro ler o que queremos e depois pensarmos nas parcerias.

As parcerias são bem vindas sempre e espero que todos tenham parcerias com seus blogs e muito sucesso! Mas também acho que isso tem que ser mais saudável. Primeiro faça tudo no seu tempo, leia o que quer, escreva como achar melhor e depois faça parceria com editoras e esteja disponível para atender todos no tempo que eles pedem. Vamos ficar mais tranquilos, ter parceria não é sinônimo de qualidade. Muitos dos seus leitores gostam do seu trabalho sem parceria, né? Vamos manter a leitura algo leve e tranquilo e não transformar o que nos faz viajar, em algo chato e cansativo.

========================================================================

Espero que tenham gostado, não esquece de contar qual a sua opinião em relação às parcerias! 

Super beijos e até a próxima! 💋💋💋

Anúncios

6 comentários Adicione o seu

  1. blogcomv disse:

    Olá, Isa! Concordo, e já adianto para dizer que amei essa nova coluna do blog! Acho super bacana promover discussões, e acredito que todos trabalhamos, mas alguns mais outros menos, porém, como já li em algum lugar, o homem que nunca desiste, sempre consegue ir além, não importa o ritmo. Creio também que devemos nos concentrar primeiro na satisfação pessoal, afinal, por que fazer algo apenas com o objetivo de parceria com editora? Não faz sentido. Temos que nos agradar primeiro, pois assim o esforço é notável e mesmo sendo um “trabalho” as pessoas conseguem perceber o carinho e amor pelo que faz.

    Um beijo, Carol
    Blog com V.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Ca! Que bom que gostou! Eu também acho, primeiro fazemos por amor depois vem as parcerias, porque precisamos nos dedicar tanto à isso também, que se não for por prazer, para quê fazer? Tudo que é feito por amor, sempre faz sucesso! Beijos

      Curtir

  2. Oie, gostei muito da sua coluna e do seu texto.
    Realmente parceria com editora é uma coisa louca, se você for pensar pois tem gente que até se mata pra conseguir, ou então lê qualquer coisa que a editora manda, sem ao menos se preocupar se e o que te agrada.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Jéssica, que bom que gostou! Mas é as parcerias são tão cobiçadas que alguns simplesmente pegam os primeiros que surgem e acho que isso é se perder. Ler é um prazer e tem que ser assim. Parcerias tem seus prós e contras mas tudo no seu tempo! Beijos

      Curtido por 1 pessoa

  3. Michele Lopez disse:

    Olá,
    Gostei muito que iniciou uma nova coluna no blog e estou curiosa para saber quais serão os outros tópicos abordados.
    Adorei seus levantamentos sobre parcerias e concordo com você que ter ou não parceria não classifica que seu trabalho é bom/ruim. Às vezes é possível até que um blog que não tenha parcerias apresente maior qualidade de conteúdo por conta de não ter tanta cobrança, fazer porque quer e não porque precisa cumprir prazos.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Michele, que bom que gostou espero que volte mais, pretendo falar de tanta coisa rs. Mas é, muitos blogs que não possuim parceria fazem tão tranquilos e na leveza que o que vemos é um ótimo conteúdo. Creio que vamos perdendo isso quando só focamos em parcerias. Não são as parcerias que irão dizer que somos bons! Volte sempre! Beijos!

      Curtir

Deixe uma resposta para Isadora Gazote Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s